Publicado em: sábado, 29/10/2011

Traficante Polegar é transferido para penitenciária de Rondônia

Na madrugada deste sábado, dia 29 de outubro, um dos criminosos mais procurados pela polícia do Rio de Janeiro foi transferido para uma penitenciária em Rondônia. O traficante Alexandre Mendes da Silva, o Polegar, foi levado para a Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Porto Velho. Uma operação retirou o bandido do presídio de Bangu 1, na zona oeste.

O automóvel em que estava Alexandre Mendes da Silva foi escoltado até o Aeroporto Internacional Tom Jobim, chegando lá por volta das 4h40. O criminoso então embarcaria em um jato da Polícia Federal. A juíza corregedora Juliana Maria da Paixão foi quem autorizou a transferência do traficante. O pedido de transferência chegou até a juíza corregedora na segunda-feira, dia 24 de outubro.

Alexandre Mendes era chefe do tráfico de drogas no Morro da Mangueira e foi preso pela polícia do Rio de janeiro no dia 19 de outubro no Paraguai, mais precisamente na cidade de Pedro Juan Caballero, localizada na fronteira com o Brasil. Ele estava com documentos falsos e tentava comprar um luxuoso carro. O Morro da Mangueira possui, desde junho de 2010, a 18ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Os policiais paraguaios encontraram, na casa onde o criminoso estava residindo, U$ 50 mil. Polegar conseguiu escapar quando, em novembro do ano passado, o conjunto de favelas do Alemão foi dominado pela Polícia Civil e pela Polícia Militar. O traficante havia saído da cadeia em setembro de 2009, pois ganhou o regime aberto ao completar um sexto de sua pena de 22 anos.