Publicado em: quinta-feira, 22/05/2014

Trabalhador brasileiro terá de trabalhar 151 dias para pagamento de impostos

Trabalhador brasileiro terá de trabalhar 151 dias para pagamento de impostosOs trabalhadores Brasileiros tem grande parte de seus rendimentos destinados a pagamento de impostos, porém um estudo do Instituto Brasileiro do Planejamento Tributário revela que além de destinar pouco mais de 41% do seu salário a impostos, o trabalhador tem que trabalhar 151 dias para que sejam feitos todos esses pagamentos previstos.

Este estudo também foi extenso a outros países no mundo, ao todo 28 outros países e o Brasil aparece nesse ranking na oitava posição, o primeiro lugar dessa lista ficou com a Dinamarca, onde o trabalhador dedica 175 dias trabalhados para o pagamento de impostos.

No ano passado a porcentagem do salário que era destinada para o pagamento de impostos era menor, segundo informações do Instituto, no ano de 2013 os trabalhadores repassavam 41.1% de seus salários para o pagamento de impostos.

Esse estudo leva em consideração todos os impostos que são pagos no decorrer do ano, isso inclui taxas relativas a limpeza, IPTU, pagamento de tributos que já vem embutidos em contas de água e luz, além dessas também vem descritos nesse estudo taxas de contribuições previdenciárias, sindicais, além de taxas de iluminação pública e também para emitir documentos.

Nos dois últimos anos o número de dias que eram necessários trabalhar para que os trabalhadores pudessem pagar todos os impostos era de 150, resultado que se comparado ao do ano de 2014 não tem tanta diferença.

O resultado da pesquisa permite que haja uma comparação entre os demais países do mundo, onde as cargas de tributos podem ser elevadas, mas os resultados não são animadores quando essas comparações são realizadas nota-se que em países onde a qualidade de vida é melhor do que no Brasil, a quantidade de dias que a população trabalha é quase similar a quantidade de dias que os brasileiros trabalham para pagamento de impostos, na lista divulgada o Brasil aparece próximo da Noruega, onde são necessários 154 dias de trabalho para pagamentos de impostos.