Publicado em: terça-feira, 16/10/2012

Toyota é notificada por anúncio irregular de recall

Toyota é notificada por anúncio irregular de recallA Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) do Estado de São Paulo fez uma notificação para que a montadora Toyota regularize o anúncio para recall para os modelos Corolla, RAV4 e Corolla que a imprensa divulgou.

Técnicos do PROCON, afirmaram que a Toyota quando não especificou quais os riscos que o defeito pode causar para o motorista, feriu a legislação. O recall anunciado no fim da semana passada, é parte de uma convocação que a empresa fez em todo mundo e atinge uma quantidade superior a 7,4 milhões de carros, com um defeito no interruptor do vidro do motorista.

No país, o recall atinge 38.049 veículos dos três modelos, sendo 33.823 unidades do Corolla que tiveram sua fabricação entre o período de outubro de 2007 e dezembro do ano seguinte. Foram chamados também 2.846 donos de RAV4 e 1.740 de Camry, que tiveram sua fabricação no período de setembro de 2006 e julho de 2008.

Em um comunicado, a Toyota explicou que o problema no interruptor pode ter o funcionamento afetado e ficar inoperante. O texto ainda diz que este defeito pode causar um incêndio caso o motorista opte por utilizar graxa para que lubrifique o interruptor.

Conforme aponta o PROCON, o texto deveria conter os prováveis riscos em um incêndio ou do problema para o motorista para os demais passageiros, isto é, se o problema poderia ocasionar alguma lesão ou acidente. A montadora tem até esta quarta-feira (17) para que corrija o comunicado.

Motoristas devem entrar em contato com a Toyota

Os donos dos modelos que devem realizar o recall precisam procurar uma concessionária da marca para que a peça seja inspecionada e ser consertada ou trocada.

Maiores informações podem ser obtidas ligando para o número 0800 703 0206, ou através do site da empresa ou em concessionárias da marca.