Publicado em: terça-feira, 03/05/2011

Torcidas organizadas estão ‘por um fio’ com a justiça brasileira

Após mais um final de semana de confronto entre torcidas organizadas por todo o Brasil, a justiça brasileira poderá tomar um atitude com relação a um bando de ‘torcedores’ que mais prejudicam do que ajudam as suas equipes.

De acordo com o estatuto do torcedor, em sua nova redação, se for confirmada desordem das torcidas organizadas de clubes de futebol elas poderão responder criminalmente e até serem banidas dos estádios.

Somente no último final de semana, torcidas organizadas se enfrentaram no Rio de Janeiro com morte e detenções no duelo entre Flamengo e Vaso. Em São Paulo houve confrontos após o jogo entre Corinthians e Palmeiras.

Mas as imagens mais chocantes aconteceram em Goiás. O confronto começou dentro de campo com os jogadores de Goiás e Vila Nova que se enfrentaram. A briga entre as torcidas começou dentro do estádio e foi para as imediações do Serra Dourada.

Para o promotor paulista Paulo Castilho, responsável pelo Estatuto do Torcedor, falta apenas algum promotor do consumidor propor alguma ação de banimento das torcidas organizadas, pois a legislação já existe.