Publicado em: segunda-feira, 15/04/2013

Torcedores do Ceará são mortos a tiros antes de evento teste para a Copa das Confederações

Torcedores do Ceará são mortos a tiros antes de evento teste para a Copa das ConfederaçõesDois torcedores do Ceará foram mortos a tiros durante briga com torcedores do Fortaleza durante o domingo (14) em um evento-teste para a Copa das Confederações na capital cearense.

Este fato ocorreu em um bairro que fica cerca de 5 km distante do estádio Castelão, que sediará jogos da Copa de 2014. O crime ocorreu antes do jogo de Fortaleza e Ceará, e era válido pelo campeonato estadual. Conforme a Polícia Civil, dois torcedores do Ceará levaram tiros na cabeça e foram mortos. Já existe um suspeito de ter cometido o crime.

Segundo aponta a Polícia Militar, os dois torcedores que foram mortos desceram de uma van quando estavam passando por um grupo de torcedores do Fortaleza e foram atrás deles. Assim começou uma briga entre integrantes das torcidas organizadas Cearamor e Jovem Garra Tricolor. Durante a briga, um torcedor do Fortaleza que portava uma arma efetuou os disparos fatais.

Conforme aponta o delegado-geral Luiz Carlos de Araújo Dantas ainda está sendo investigado se o que ocorreu foi uma briga entre torcidas ou se o duplo homicídio teve algum outro motivo e testemunhas vão ser ouvidas para que relatem o que ocorreu.

Os torcedores do Ceará iniciaram o confronto junto aos do Fortaleza utilizando pedras e, devido a isso, um homem da torcida do Fortaleza deu os tiros, conforme aponta a Tribuna do Ceará.

O secretário e o Comitê Organizador Local (COL) lamentaram isto, mas disseram não haver relação direta entre este duplo assassinato com a partida e afirmaram que casos como esse não vão se repetir na Copa das Confederações em julho e na Copa do Mundo do ano que vem.

O gerente geral da integração e operacional Tiago Pes do COL diz a Polícia Militar e o Exército estão realizando muitos trabalhos de treinamento e afirma que eles não vão ter essa preocupação para a Copa das Confederações.

O COL usou este evento-teste para analisar o funcionamento do estádio em certas áreas, o que vai possibilitar realizar correções antes do torneio no Brasil no mês de julho. Além de Fortaleza, as outras cinco cidades que serão cede do torneio também vão contar com eventos semelhantes.