Publicado em: sexta-feira, 28/12/2012

Tom Cruise presta depoimento fechado em caso de grampo telefônico

Tom Cruise presta depoimento fechado em caso de grampo telefônicoTom Cruise deu um depoimento fechado antes do Natal – o qual ele mesmo definiu como Missão Impossível, em alusão a série de filmes do ator – em relação às restrições de como o testemunho será utilizado, que tem conexão com um caso de grampo telefônico envolvendo o ator.

O editor Michael Davis Sapir teria processado em 5 milhões de dólares Cruise e seu Advogado, Bert Fields, acusando a dupla de conspiração com um investigador privado Anthony Pellicano para grampear os telefones de Sapir. A ação veio depois de Sapir ser processado por Cruise após oferecer uma recompensa de 500 mil dólares para quem tivesse provas de que Cruise é gay. Uma fita de vídeo chegou a ser recebida, mas logo se percebeu que não havia nenhum envolvimento com o ator em relações homossexuais e a ação foi encerrada.

No dia 18 de dezembro o ator teria dado um longo depoimento sobre a ação em um hotel em Nova Iorque. Mas para o depoimento definiu regras bastante rígidas para garantir que seu testemunho não chegue ao público. Segundo o RadarOnline, apenas um filme original do depoimento poderia ser feito, nenhuma cópia do vídeo ou do áudio poderiam ser efetuadas total ou parcialmente, e apenas os membros da corte envolvidos no caso podem ter acesso ao vídeo. Ainda nos documentos do caso Cruise instruiu que ninguém não autorizado pela corte poderia ver o vídeo.

Cruise também definiu que assim que o caso for encerrado o vídeo deverá ser encaminhado imediatamente para o seu advogado, não ficando mais a disposição da corte. Aparentemente a única coisa que Tom Cruise não definiu foi que o vídeo deveria se autodestruir depois de encerrado o julgamento. Para quem é supostamente inocente no caso, todas estas restrições parecem um tanto demasiadas mesmo para um ator que tem muito dinheiro em jogo. Quais informações Sapir realmente tem sobre Cruise ou outras pessoas que façam a ofensa valer 5 milhões em um processo?