Publicado em: quarta-feira, 01/12/2010

Tiririca é absolvido em processo de falsidade ideológica

O deputado federal eleito e humorista Tiririca foi absolvido pela Justiça Eleitoral no processo de falsidade ideológica.

Tiririca era acusado de ter falsificado uma prova elaborada pela própria Justiça Eleitoral, que buscava saber se o humorista sabia ler e escrever. Após testes, as autoridades eleitorais constataram que Tiririca possuía, pelo menos, noções básicas de alfabetismo.

O humorista foi o deputado federal com o maior número de votos em todo o país nas últimas eleições, mas caso não passasse nos testes submetidos pela Justiça eleitoral, não poderia assumir o cargo a partir de 1º de janeiro.

O Ministério Público poderá recorrer da decisão da Justiça Eleitoral, porém o promotor Maurício Lopes, que descadeou o processo contra Tiririca, também está sendo investigado pela Corregedoria do MP, podendo ter cometido abusos durante o processo.