Publicado em: quinta-feira, 19/02/2015

TIM inicia em março bloqueio de internet pós-paga após fim de cota

Quem tem um aparelho de telefonia móvel e usa serviços da TIM para telefonia e internet, sabe que nem sempre o sinal funciona. Para quem é usuário da TIM em diferentes partes do Brasil, o serviço dessa empresa de telefonia nem sempre é a melhor pedida, mas continua sendo a mais popular ainda no Brasil. O problema é que agora, além de ser difícil conseguir o sinal da TIM para o uso do 3G, os usuários vão enfrentar um novo problema a partir de março, quando a empresa dará início a nova política de bloqueio dos dados para quem atingir a cota diária.

Isso significa que quem é dono de um plano de telefonia da TIM no modelo pós pago, com garantia de uma franquia fixa mensal de dados, vai começar a ter bloqueada a internet móvel, completamente, no momento em que atingir 100% da cota que foi contratada para o mês. Conforme já havia sido noticiado por vários meios de comunicação, essa medida começa a ser aplicada daqui um mês, em 20 de março. A empresa já adotava essa mesma medida para os planos pré pagos, mas é comum também ocorrer em planos telefônicos de outras empresas de telefonia móvel no Brasil.TIM inicia em março bloqueio de internet pós-paga após fim de cota

Essa nova medida já está valendo nos estados de Pernambuco e Rio Grande do Sul, além de algumas cidades no interior de São Paulo. O restante do país vai sendo adicionado aos poucos a esse novo processo. A TIM oferece em seu site oficial um tutorial oferecendo ao usuário duas possibilidades no caso de ter a internet bloqueada após o excesso de consumo do plano. Ou o cliente poderá comprar um pacote com maior número de dados, permitindo assim um limite maior de navegação a cada mês.

Ou o cliente pode ainda contratar um serviço que é conhecido como pacote adicional de dados, um volume extra de dados para que você possa ainda usar a internet até o final do mês, quando sua cota será renovada pelo plano. As duas alternativas podem ser atividades pelo celular mesmo, através do site, ou em qualquer loja física da operadora. Mesmo excedendo o limite da navegação, alguns aplicativos continuarão disponíveis, mas somente aqueles com serviços próprios da operadora.

A TIM ainda deve ajudar o consumidor nessa adaptação, informando quando 80% do pacote for atingido, com uma mensagem já oferecendo o link com opções dos pacotes extras.