Publicado em: sábado, 24/03/2012

Thor Batista participa de missa de sétimo dia do ciclista atropelado

Thor Batista, de 20 anos, filho do empresário Eike Batista, compareceu à missa de sétimo dia que a sua família organizou para Wanderson Pereira dos Santo, de 30 anos, que morreu após ser atropelado pelo rapaz. O acidente aconteceu no sábado (17), na Rodovia Washington Luis, na Baixada Fluminense. Já a missa ocorreu na noite desta sexta-feira (23). Já a missa ocorreu nesta sexta-feira (23), na Paróquia da Ressurreição, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro. Luma de Oliveira, mãe de Thor e outros familiares também estiveram presentes na homenagem.

Em sua versão sobre o caso, Thor explicou que todo mês realizava o trajeto que fez no dia do acidente, e que sabia da grande circulação de ciclistas por ali. Contudo ele garantiu que se manteve atento e dentro dos limites máximos de velocidades que são permitidos na via.

“Repentinamente um ciclista atravessou do acostamento do lado direito até o meio da faixa da esquerda, onde trafegam veículos. Minha imediata reação foi aplicar forca total nos freios do carro, segurando o volante reto, mas infelizmente foi impossível evitar a colisão”, detalhou como aconteceu o acidente. O rapaz não foi indiciado pela polícia e disse estar convicto da sua inocência, mas apesar disso garantiu que irá prestar todo auxílio que for necessário à família da vítima.

Laudo indica que ciclista havia ingerido bebida alcoolica

Na última sexta-feira (23), foi divulgado o resultado do exame toxicológico que foi feito no ciclista. De acordo com o laudo, havia 15,5 dg/L (decigramas por litro) de álcool no sangue do homem. O exame foi realizado pelos peritos do Instituto Médico Legal (IML), e divulgado pela 61ª DP (Xerém), que é responsável pelo caso. Já o teste do bafômetro de Thor não indicou a presença de qualquer bebida alcoolica, descartando a possibilidade de homicídio doloso.