Publicado em: quarta-feira, 10/09/2014

Théo Becker e Thiago Gagliasso tiveram suas carreiras prejudicas após passar pelo reality “A Fazenda”

Théo Becker e Thiago Gagliasso tiveram suas carreiras prejudicas após passar pelo reality “A Fazenda”A participação no reality “A Fazenda” pode oferecer muito mais do que um prêmio de R$ 2 milhões para as celebridades. A exposição que se ganha dentro do reality, pode ser um grande passo para a carreira, como também pode destruí-la em pouco tempo. Em uma entrevista à um site de notícias, a especialista em gerenciamento de carreiras, Karla Ikeda, afirmou que participar de um reality show pode ser bom para os artistas que estão iniciando agora a carreira, quando são pouco conhecidos ou que estão longe dos holofotes há tempos.

Para ela, fazendo uma avaliação desses critérios, as personalidades que passaram pela “A Fazenda”, como Viviane Araújo, Nicole Bahls e Daniel Bueno foram beneficiados com a participação. Antes do programa, Viviane Araújo era conhecida apenas como a mulher do Belo e hoje ela é conhecida como atriz.

A especialista é autora do livro “Profissão: Famoso. Como Gerenciar Imagens de Sucesso. ” Falando sobre a integrante do programa “Pânico”, Nicole Bahls, ela acredita que o reality ajudou a aperfeiçoar a imagem, com seu jeito verdadeiro e engraçado, ela acabou conquistando o público e fazendo com que as pessoas deixassem de lado sua imagem negativa. Ikeda também cita o vencedor da 3ª edição do programa, Daniel Bueno, que antes era desconhecido, mas sua personalidade e o jeito de galã intelectual agradou ao telespectador.

Imagem marcada

Enquanto alguns estão no auge de suas carreiras após ter tido um “empurrãozinho” do reality, outros, saíram prejudicados do programa e isso refletiu totalmente na vida profissional. Para a especialista, Théo Becker, o participante polêmico da primeira edição, prejudicou sua carreira por ter feito ser tão marcante sua passagem pelo programa. Outro participante que não foi marcado positivamente, é o ator Thiago Gagliasso que participou da quarta edição. Ele foi acusado de agredir cabras, causando revolta nos defensores de animais. De acordo com Ikeda, o Thiago tinha todas as condições para alavancar a carreira, mas a imaturidade e o despreparo atrapalharam.