Publicado em: quarta-feira, 28/09/2011

Tévez nega ter se recusado a entrar em campo

O jogador argentino Carlitos Tévez, do Manchester City, da Inglaterra, negou que tenha se recusado a entrar em campo durante a partida entre o time inglês e o Bayern de Munique, na última terça-feira (27), pela Champions League.

A polêmica teve início quando o Manchester City perdia por 2 a 0 para a equipe alemã e o técnico Roberto Mancini teria chamado Tévez para entrar na partida. O atacante argentino, que ficou no banco de reservas, teria se negado a entrar em campo.

No dia seguinte, Tévez deu sua justificativa para o ocorrido. De acordo com o jogador, o que houve foi um ‘mal entendido’, mas não entrou em detalhes do que teria ocorrido. O atacante argentino ainda pediu perdão aos torcedores do clube inglês.

Após o episódio, o técnico do City demonstrou toda a sua insatisfação com Tévez, e afirmou que o atacante nunca mais irá jogar pelo time inglês. O jogador de 27 anos já havia demonstrado sua insatisfação, afirmando que não pretendia seguir jogando no Manchester.