Publicado em: sábado, 29/10/2011

Terremoto no Peru deixa 660 desabrigados e 83 feridos

Terremoto de 6,9 graus de magnitude que atingiu o Peru na última sexta-feira (29) deixou 83 feridos, 132 casas danificadas e 660 desabrigados. Foi possível sentir o tremor em Lima, capital do país, e em outras cidades da região. A população ficou em pânico com o terremoto. A cidade mais prejudicada foi a de Ica, localizada a 325 km ao sul de Lima. A população de Ica gira em torno dos 124 mil habitantes.

De acordo com uma enfermeira de um hospital local, 11 feridos deram entrada no estabelecimento e entre eles estavam duas crianças. Alguns dos ferimentos eram fraturas e contusões. Os pacientes registraram entrada no hospital depois do desmoronamento de duas casas em um bairro pobre na mesma região. Outro hospital divulgou que quatro pessoas chegaram com ferimentos leves. Além do desmoronamento e dos feridos, o terremoto também levou à queda de energia e a problemas na rede de telefonia celular.

Um morador de Ica contou que o nível do mar havia recuado alguns metros, mas as autoridades não emitiram alerta de tsunami. De acordo com o chefe do Instituto de Defesa Civil, Alfredo Murgueytio, “há pequenas alterações no mar, contudo a Direção de Hidrografia e Navegação não registra alerta de tsunami”. Apesar de não terem emitido alerta nesta ocasião, a magnitude do terremoto é suficiente para desastres marítimos.

Em 2007 o Peru passou por um terremoto de 7,9 graus de magnitude em uma cidade próxima de Ica, a costeira Pisco. Nessa ocasião o número de mortos chegou a 500 e milhares de casas ficaram destruídas.