Publicado em: segunda-feira, 26/03/2012

Terremoto atinge Chile e há alerta para tsunami

Neste domingo (25), o Chile foi atingido por um terromoto de 7,1 graus na escala Richter. Ontem e também na madrugada desta segunda-feira, ao menos sete mil pessoas tiveram de ser retiradas de Maule, localizada no sul do país. As autoridades do Chile afirmam que a evacuação da região foi escolhida para que se possa prevenir a população dos riscos de um possível tsunami.

As autoridades do país estão monitorando a situação e não eliminaram a hipótese de que um tsunami possa atingir a área. Os responsáveis observam as mudanças no nível do mar, sendo que o caso também está sendo acompanhado pelo Instituto de Geofísica dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). Segundo informações do USGS, os últimos tremores aconteceram por volta das 22h37 a 300 quilômetros de Santiago.

Terremotos constantes

Devido à localização do Chile, é comum que terremotos aconteçam frequentemente na região. O país está localizado em uma região onde os tremores ocorrem com maior constância. Sendo assim, esta não é a primeira vez que o Chile é atingido, porém não foi o pior terremoto da história do país.

O maior desastre recente desta natureza no Chile aconteceu em 27 de fevereiro do ano de 2010. O país foi atingido por um terremoto de 8,8 graus da escala Richter. Este tremor causou a morte de mais de 500 pessoas. Além disso, o país teve se sofrer com prejuízos de empresas privadas e órgãos públicos, sendo que diversos prédios foram destruídos com a tragédia.