Publicado em: quarta-feira, 04/07/2012

Tênis – Federer e Djokovic farão semifinal em Wimbledon

O Grand Slam de Wimbledon, na Inglaterra, verá a semifinal entre o suíço Roger Federer e o sérvio Novak Djokovic. O duelo poderá definir quem será o número um do ranking mundial. O primeiro e terceiro colocados no ranking da ATP (Associação de Tenistas Profissionais) garantiram seus lugares na semifinal nesta quarta-feira (04).

Federer não deu qualquer chance para o russo Mikhail Youzhny, e venceu com facilidade, fechando a partida em 3 sets a 0 (parciais de 6-1, 6-2, 6-2) . Ao longo do confronto realizado na quadra central do All England Club, Federer desfilou seu poderio de jogadas, aplicando 25 winners e cometendo apenas 13 erros não forçados.

Já Novak Djokovic venceu o alemão Florian Meyer, cabeça de chave número 31 do torneio inglês também por 3 sets a 0, parciais de 6-4, 6-1 e 6-4. Desta maneira, o sérvio segue na briga para continuar como primeiro lugar do ranking mundial, bem como para defender o título do Grand Slam conquistado no ano passado.

A semifinal entre Djokovic e Federer, que acontece na sexta-feira (06), pode definir a liderança do ranking da ATP. Caso consiga superar o suíço, Novak seguirá no topo do tênis mundial, já em caso de vitória de Federer, o suíço pode tomar o lugar do sérvio. No entanto, para que isso ocorra, Federer precisaria vencer o Aberto de Wimbledon. Se faturar o torneio na grama inglesa, o tenista da Suíça também irá acumular novos recordes em sua carreira.

Ambos irão superar as marcas do norte-americano Pete Sampras, inicialmente como o maior vencedor do Grand Slam na grama sagrada. O segundo recorde será ter o maior número de semanas como líder do ranking mundial, 261. Ao vencer Youzhny, Federer já bateu outro recorde, pertencente ao americano Jimmy Connors, com o maior número de semifinais de Grand Slams alcançadas, 32.