Publicado em: terça-feira, 22/04/2014

Tênis: Em final suíça, Wawrinka bate Federer e conquista Masters 1.000 de Monte Carlo

Tênis: Em final suíça, Wawrinka bate Federer e conquista Masters 1.000 de Monte CarloO número 3 do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Stanislas Wawrinka, venceu o compatriota Roger Federer no último domingo (20), e conquistou o Masters 1.000 de Monte Carlo. O suíço venceu o ex-número 1 do mundo por dois sets a um, com parciais de 4/6, 7/6 (5) e 6/2. A partida teve duração de duas horas e 13 minutos.

Esta foi a primeira conquista de torneios Masters 1.000 na carreira de Wawrinka. Atual campeão do Aberto da Austrália, o tenista também quebrou o tabu de 11 partidas diante do adversário. Federer, por sua vez, segue como o número 4 do ranking da ATP e chega ao quarto vice-campeonato em Mônaco. Em 2006, 2007 e 2009 ele havia perdido a decisão para o espanhol Rafael Nadal.

A decisão começou com uma série de erros não forçados. Ambos tiveram chances de quebrar o serviço do oponente, mas apenas Federer conseguiu a quebra no sexto game, abrindo 4/2. Após devolver uma bola pra fora no décimo game, Wawrinka perdeu o primeiro set por 6/4.

Já no segundo set, logo no início, Federer errou e Wawrinka conseguiu a quebra. Porém, no game seguinte, o oponente devolveu a quebra com uma paralela em cima da linha. Quando o tenista de 29 anos vencia o rival por 3/2, a chuva interrompeu a partida.

Depois de alguns minutos de parada, o ex-número 1 do mundo errou duas devoluções, entretanto, confirmou seus serviços e levou o set para o tie-break. Com um smash, o suíço mais bem colocado no ranking mundial empatou o jogo, 7/6.

Wawrinka quebra serviços de Federer no começo do terceiro set

Por fim, no terceiro e último set, Wawrinka quebrou o serviço de Federer e largou na frente, ainda no primeiro game. Desanimado, o atual número 4 da ATP teve mais erros não forçados e o adversário abriu 4/0. Depois disso, foi só administrar e vencer por 6/2 para ficar com o título inédito.