Publicado em: segunda-feira, 07/04/2014

Tênis: Brasil supera o Equador e avança para playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis

Tênis: Brasil supera o Equador e avança para playoffs do Grupo Mundial da Copa DavisCom um triunfo de Rogério Dutra Silva sobre Emilio Gómez, o Brasil superou o Equador na segunda rodada do Zonal I das Américas, no último domingo (6), em Guayaquil, e está classificado para os playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis.

Rogerinho conquistou sua vitória por três sets a um, com parciais de 6/4, 6/7 (10), 6/1 e 6/1. Número 157 do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), o paulista foi o primeiro a vencer nesta fase, na última sexta-feira (4).

O começo de partida não foi tão bom para Rogerinho, que foi quebrado no primeiro game. Porém, no oitavo game, o tenista devolveu a quebra e empatou o jogo, 4/4. Depois de três erros seguidos de Gómez, o brasileiro conseguiu outra quebra e venceu o primeiro set por 6/4.

Já o segundo set foi o mais equilibrado da partida. Com uma dupla falta do equatoriano no sétimo game, o brasileiro conseguiu a quebra e passou à frente no placar.

Entretanto, no décimo game, Gómez devolveu a quebra e empatou novamente, 5/5. Rogerinho, no 12º game salvou um break-point e levou o set para o tie-break, que foi vencido pelo jogador da casa, por 12 a 10.

No terceiro set, o número 252 da ATP entrou em quadra desgastado, sofreu duas quebras e acabou derrotado. Silva retomou a frente e venceu por 6/1.

Com dores na coxa, Gómez ainda tentou dar o seu máximo no quarto e último set. Porém, mais inteiro no confronto, Rogerinho conseguiu mais duas quebras e venceu de novo, 6/1.

Rogério Dutra Silva foi determinante na classificação do Brasil para os playoffs

Os playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis serão disputados no mês de setembro. Além das vitórias de Rogério Dutra Silva, o Brasil contou com a ajuda da dupla formada por Marcelo Melo e Bruno Soares, que venceu Gonzalo Escobar e Giovanni Lapenti. Já Guilherme Clezar abandonou seu jogo enquanto empatava com Emilio Gómez, por 1/1, por causa de uma lesão na coxa direita.