Publicado em: segunda-feira, 19/12/2011

Temporais deixam 18 municípios mineiros em estado de emergência

Neste domingo, dia 18 de dezembro, dezoito municípios do estado de Minas Gerais anunciaram estado de emergência devido às fortes chuvas que atingem as cidades mineiras. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) recebeu 42 registros de sérios problemas ocasionados pelas tempestades.

O último município a decretar estado de emergência foi Barra Longa. Isso aconteceu depois que o Rio Carmo transbordou, destruindo estradas e pontes. Cinco casas foram comprometidas e 85 habitantes estão desalojados. As tempestades da madrugada de ontem deixou a população de Florestal em pânico. O Ribeirão do Camarão também transbordou, deixando mais de 100 casas inundadas e 153 famílias atingidas, sendo que 11 pessoas estão sem abrigo.

As históricas cidades de Ouro Preto e Mariana também sofrem com as chuvas. Diversas famílias foram obrigadas a saírem de suas casas, que foram tomadas pela água. Em Mariana, 300 pessoas foram afetadas, além do corte de energia elétrica e do abastecimento de água. Em Acaiaca, o Rio do Carmo transbordou, inundando várias casas e estabelecimentos da cidade, deixando 37 pessoas desabrigadas.

A Defesa Civil fez um balando e registrou 459 desalojados, 30 desabrigados, quatro pessoas feridas e duas mortas. No total, mais de 20 mil pessoas foram afetadas com as tempestades que passam pelo estado de Minas Gerais, sendo que os prejuízos materiais são 38 casas destruídas, mais de mil danificadas, oitos pontes comprometidas e outras seis destruídas.