Publicado em: quarta-feira, 30/05/2012

Tela de Pollock é recuperada no Irã

Nesta terça-feira (29), a agência Irna informou que o quatro pintado pelo artista norte-americano Jackson Pollock foi recuperado pelo Museu de Arte Contemporânea de Teerã. A obra de arte, avaliada em 250 milhões de dólares (500 milhões de reais), tinha sido apreendida na alfândega para que o Ministério da Cultura do país fosse obrigado a pagar suas dívidas.

De acordo com as declarações do responsável pelas artes visuais do Ministério da Cultura, Ali Asghar Amirnia, para a agência oficial de notícias Irna, o quadro foi devolvido para o Museu de Arte Contemporânea, sem nenhum dano, depois de algumas negociações.

“Mural on Indian Red Ground”

A peça em questão é “Mural on Indian Red Ground”, data de 1950. Este quadro é considerado uma das obras-primas feitas pelo pintor norte-americano Pollock. Ela foi apreendida no começo deste mês no aeroporto de Teerã, quando estava voltando do Japão. O quadro tinha sido emprestado para o museu de arte da capital japonesa.

Os funcionários da alfândega disseram que a decisão para apreender o quadro era uma medida adotada para que o Ministério da Cultura pagasse o dinheiro que devia para a administração. O Museu de Arte Contemporânea de Teerã é visto como uma das principais coleções de arte moderna do planeta. O espaço possui mais de 200 obras de arte de artistas importantes como Pablo Picasso, Joan Miró, Andy Warhol e Francis Bacon.