Publicado em: quarta-feira, 29/02/2012

Teixeira deixa reunião com dirigentes da CBF após passar mal

O presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) Ricardo Teixeira passou mal e teve de deixar a reunião com os presidentes das federações, na última terça-feira (28). O dirigente sentiu dores nas pernas e diverticulite, tendo que ir a um consultório médico.

Teixeira se encontrou com os dirigentes para discutir as diretrizes da assembleia geral que seria realizada nesta quarta-feira. Porém, ao ter de deixar a sede da CBF às pressas, o mandatário da entidade não pode concluir as conversas que teria com os presidentes das federações.

Nesta quarta-feira (29) é aguardada uma definição sobre o futuro de Ricardo Teixeira na presidência da CBF. Acusado de participar de um esquema de corrupção no amistoso entre Brasil e Portugal, em 2008, o dirigente pode deixar o comando da entidade, após 23 anos.

A assembleia geral desta quarta-feira é apontada como uma oportunidade em que Teixeira iria apontar quem será seu substituto. A reunião em que ele participava, quando passou mal, seria justamente para articular a sucessão no comando da CBF.