Publicado em: quinta-feira, 20/02/2014

Taxa de desemprego fecha janeiro em 4,8%

Desemprego fecha janeiro em 4,8%Comparada com dezembro do ano passado, a taxa de desemprego no Brasil subiu 0,5% e chegou ao valor de 4,8%. O resultado é devido a dispensa dos empregados temporários que trabalharam durante o fim de ano.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou na manhã desta quinta-feira (20) a Pesquisa Mensal de Emprego, mais de 215 mil pessoas deixaram de trabalhar em janeiro, destas, 105 mil trabalharam no varejo.

As cidades de São Paulo e Recife foram as responsáveis pelo aumento, uma vez que as duas capitais registraram um aumento no desemprego superior a média nacional. Na capital pernambucana, por exemplo, o desemprego que até dezembro apontava 5,9%, fechou em janeiro com alta de 1,5%. O que representa a dispensa de 38 mil trabalhadores. Em São Paulo, por sua vez, houve uma alta de 0,9%, totalizando a demissão de 75 mil pessoas apenas em janeiro.

Menor taxa para o mês de janeiro

No entanto, em comparação com o mesmo período de 2013, houve uma queda no número de pessoas desocupadas em 12,6%, representando uma diferença de 168 mil pessoas a menos. Esta foi a menor taxa de desocupação em um mês de janeiro desde que a pesquisa começou a ser feita (2002). No ano passado a taxa de desemprego era foi de 5,4%.

Por outro lado, o número de pessoas inativas (que não tem emprego e tampouco procura) aumentou em 675 mil pessoas em comparação ao ano passado. Estes números não chegam a ser preocupantes, uma vez que janeiro não é o mês mais propício do ano para assinar a carteira de trabalho. Para a técnica da Coordenadoria de Emprego e Renda do IBGE, Adriana Araújo Beringuy, o trabalhador costuma procurar emprego após o Carnaval e o primeiro mês do ano é uma época de “ócio” do trabalhador.