Publicado em: quarta-feira, 14/05/2014

Tatá Werneck será protagonista em novela da Globo

Tatá Werneck será protagonista em novela da GloboDepois de ter se tornado uma personalidade de destaque em um canal da televisão fechada, a MTV, a humorista Tatá Werneck finalmente conseguiu destaque e fama na televisão aberta, com um papel humorístico na novela das 21 horas Amor à Vida, de Walcyr Carrasco. Vivendo a piradinha Valdirene, que vivia entre o dilema do amor por Carlito e a obsessão por arrumar um marido rico e famoso, Tatá Werneck conquistou o público, que torcia pela periguete.

Com a fama, Tatá tem se popularizado, sendo contratada para protagonizar uma infinidade de campanhas publicitárias. Além disso, para quem apostava que depois do sucesso de Valdirene, Tatá Werneck acabasse ficando na ‘geladeira’ da emissora, reservada para outros programas específicos antes que perdesse o fator ‘novidade’, uma surpresa está reservada. Isso porque nesta última semana, o nome de Tatá Werneck foi confirmado como protagonista de uma das próximas novelas das 19 horas. Ela irá protagonizar a trama que tem o nome provisório de Lady Marizete, com autoria de Mario Teixeira e Alcides Nogueira.

A novela prevista para a faixa das 19 horas tem previsão de lançamento para o mês de abril do próximo ano, 2015. A novela deve estar centrada em uma favela em São Paulo, a favela de Paraisópolis. Tatá irá viver uma jovem heroína da trama, que domina a técnica Krav Maga de defesa pessoal, atuando como segurança de crianças. O diretor de núcleo, que responde pela escalação de atores em diversos programas da emissora, Wolf Maya, comemorou o acerto com Tatá para protagonizar a nova novela.

Apesar do sucesso na novela, Tatá não fez muito sucesso em sua participação no grupo de apresentadores na atração Vem Aí, o evento da emissora para apresentar quais serão os programas exibidos durante o ano. Ao lado de outros humoristas, a apresentação do programa ficou bastante forçada. Entretanto, o próprio público admitiu que foi o formato da atração que limitou os humoristas.