Publicado em: quinta-feira, 01/09/2011

Tarsila do Amaral recebe homenagem

Nesta quinta-feira (1°) o Google homenageia em seu doodle a artista brasileira Tarsila do Amaral. Hoje seria o 125° aniversário da desenhista, que nasceu no dia 1° de setembro de 1886, na Fazenda São Bernardo em Capivari, no interior de São Paulo. Tarsila e mais sete irmãos viveram em uma fazenda juntamente com seus pais, de família com boas condições financeiras desde pequena fazia uso de produtos importados franceses e foi educada conforme os hábitos da época.

Tarsila estudou em São Paulo, mas completou seus estudos em Barcelona na Espanha. Na Europa também se casou com o médico André Teixeira Pinto, no entanto seu casamento não durou muito, pois a diferença cultural do casal era bastante grande. O marido era contra o desenvolvimento artístico de Tarsila. Foi com ele que a artista brasileira teve sua única filha, Dulce.

Tarsila começou a aprender pintura em 1917 e viajou por muitos países para aprender sobre a arte, em Paris no ano de 1920 ela freqüentou a Academia Julian e na Academia de Émile Renard. Mesmo tendo bastante contato na Europa com as tendências novas e de vanguarda, Tarsila só aderiu ao modernismo quando voltou ao Brasil em 1922. Conheceu vários artistas que faziam parte desta corrente e com eles formou o Grupo dos Cinco.

Tarsila do Amaral foi uma das figuras centrais da arte brasileira e fez parte também da primeira fase do movimento modernista do Brasil. Seu quadro que ficou mais famoso foi o Abaporu, feito em 1928 e que inaugurou o movimento antropofágico nas artes plásticas brasileiras.