Publicado em: segunda-feira, 10/10/2011

TAM registra alta em ações

A TAM AS operou em alta em duas semanas, recuperando uma parte das quedas ocorridas nos últimos seis pregões. Isso, após a Lan Airlines AS afirmar que iria apelar das restrições impostas pelo tribunal chileno para aprovar a compra da companhia brasileira.

A TAM é a maior empresa aérea do Brasil em valor de mercado. Ela subia 5.8%, para R$ 28,18. O papel caiu 20.7% nos últimos seis dias e acumulava baixa de 27% neste ano. A analista da SLW Corretora, Rosângela Ribeiro, afirmou que “o principal ‘driver’ da TAM é a fusão, até mais que a questão operacional, e qualquer noticiazinha negativa derruba as ações”.

Outra interferência na TAM tem sido a queda do real frente o dólar, que aumenta seus custos na moeda americana. Nos últimos três meses, entre as 25 moedas emergentes, o real tem o segundo pior desempenho. A queda é de 16.5%, atrás apenas do rand sul-africano, em baixa de 17 por cento.

Rosangêla explica que a cotação da TAM sofreu muito por causa do dólar. As ações da companhia devem continuar voláteis até que venda para a empresa Lan seja finalizada, o que deve ocorrer no começo de 2012.