Publicado em: sexta-feira, 09/12/2011

TAM afirma que faltam pilotos no Brasil

O comandante Leonard Grant, diretor de operações e treinamentos da companhia aérea TAM é enfático em sua afirmação: “falta piloto no Brasil”. De acordo com uma avaliação feita pela companhia, a falta de profissionais será ainda maior no próximo ano. A TAM necessita contratar 120 pilotos e copilotos para 2012, porém, está não é uma simples tarefa.

Este desnível está no ritmo entre o crescimento do mercado de aviação brasileiro e o processo de formação dos pilotos. De acordo com dados coletados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a indústria aérea registrou um crescimento de 17,5% de passageiros por quilômetro pago (RPK), além de 13,7% de assentos por quilômetro ofertado (ASK).

De acordo com o comandante Grant, o Brasil não “está olhando para a formação dos pilotes”. Segundo ele, não já uma estratégia para conseguir resolver este problema. Grant afirma que as companhias aéreas tem se esforçado para encontrar uma solução, porém estas iniciativas são inúteis se forem feitas isoladamente.

A diretora de recursos humanos da TAM, Carolina Duque, afirma que este ano foi muito difícil fazer as contratações, sendo que a empresa contratou 240 funcionários. Porém, as estimativas para o próximo ano são ainda piores. Para Carolina, 2012 será o “ano de dificuldade”. A companhia deve terminar o ano de 2012 com 159 aviões, e precisa contratar novos funcionários para dar conta das aeronaves que já estão operando e também as que começaram a funcionar.