Publicado em: quinta-feira, 05/07/2012

Tablets irão superar notebooks até 2016

A compra dos tablets irá ultrapassar a de notebooks até o ano de 2016. Isso irá acontecer em decorrência da procura por dispositivos novos por parte dos consumidores. Este cálculo foi feito em uma pesquisa norte-americana desenvolvida pela companhia NPD. De acordo com a pesquisa, os tablets forão crescer o mercado de computadores portáteis, que incluem netbooks e notebooks.

As vendas destes tipos de computadores irão aumentar de US$ 347 milhões, este ano, para além dos US$ 809 milhões em 2017. A demanda pelos computadores móveis irá crescer de US$ 208 milhões, este ano, para US$ 393 milhões em 2017. As remessas dos tablets, por sua vez, irão aumentar de US$ 121 milhões para US$ 416 em 2017.

Determinante do crescimento

De acordo com o estudo da NPD, este aumento na venda dos tablets acontece em decorrência da sua vasta utilização no Japão, na América do Norte e na Europa. Estas áreas apresentam 66% das vendas este ano, e continuarão em 60% nos anos seguintes. O analista da companhia, Richard Shim, afirma que a preferência pelos tablets acontece especialmente em “mercados maduros”.

Em maio, a empresa indicou que o iPad comandava 62% do mercado dos tablets, e a Samsung aparecia em segundo lugar, com 7,5%. Desde este período, a Microsoft já anunciou que irá lançar um aparelho até o final deste ano, e o Google também começará a vendar o seu próprio dispositivo móvel, a fim de afunilar ainda mais o mercado dos tablets.