Publicado em: quinta-feira, 15/05/2014

Tabet defende ampliação do Porta dos Fundos para TV

Tabet defende ampliação do Porta dos Fundos para TVOs fãs do canal da internet Porta dos Fundos que se preocuparam com a notícia de que o grupo iria migrar para a televisão já podem ficar despreocupados. Isso porque apesar de ter fechado um contrato com a Fox para transformar o canal do Youtube em série para 2015, um dos criadores garante que nada será alterado no formato e conteúdo dos vídeos. Antonio Tabet é humorista e sócio da produtora responsável pelo canal, explicou que a Foz deu a eles liberdade total, sem nenhum censura para a produção, já que se houvesse qualquer receio de algo deste tipo, eles não teriam assinado com a Fox. Ele ainda revela que muitos outros canais quiserem ter o Porta dos Fundos antes deste contrato, mas apenas para tentar ganhar em cima da marca, e por isso a prioridade deles era ir para um canal onde pudessem manter a mesma linha de humor.

Ele explicou que a escolha da Fox se deve ao fato de que foi a melhor proposta que o grupo recebeu, lembrando que eles nunca fecharam as portas para a televisão aberta ou paga e que a proposta de ter liberdade completa é muito satisfatória. Ainda de acordo com Tabet, é preciso deixar claro que a produção do Porta dos Fundos para a televisão não se trata de uma migração do grupo, e sim de uma expansão. Ele lembra que agora o Porta dos Fundos será também exibido em outro lugar, mas que a produção na internet seguirá da mesma forma, já que a proposta deles é espalhar.

Tabet garantiu que as esquetes do grupo na internet não serão prejudicadas com o novo trabalho, já que nenhum dos integrantes do grupo tem intenção de sacrificar o trabalho deles no Youtube. Continuarão lançando três vídeos por semana e agora vão acrescentar no roteiro a produção de séries. A Fox quer trazer para a TV o elenco já tradicional do grupo, com doze episódios de meia hora cada um. Nomes como Fábio Porchat, Gregório Duvivier, Clarice Falcão, Júlia Rabello e Marcos Veras continuam na proposta de trabalho. Tabet adiantou ainda que com uma nova demanda, pode ser que o grupo convide novos nomes para integrar o Porta dos Fundos.