Publicado em: segunda-feira, 27/02/2012

Suspeito de atropelar grupo de crianças na Baixada Fluminense é preso

Foi preso na madrugada deste sábado (25), o suspeito de atropelar e matar duas crianças, além de ferir outras cinco, no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ele foi levado para a delegacia de Belford Roxo após ter se entregado na 39ª DP (Pavuna). Ele confessou ter atingido os menores.

O atropelamento aconteceu na tarde de sexta-feira (24), no bairro do Éden. Os menores estavam na calçada quando foram atingidos. O motorista fugiu sem prestar socorro. Caio Tiago, de 2 anos, e Tiely Vitória, de 4, os dois irmãos que morreram, foram socorridos, porém não resistiram aos ferimentos. Segundo a polícia, as outras vítimas foram encaminhadas para o Posto de Atendimento Médico (PAM) de São João de Meriti. Três receberam alta e as outras duas foram transferidas para o Posto 24 horas, no bairro Éden, onde continuam internadas sem gravidade.

De acordo com o delegado, uma testemunha teria dito que o suspeito já havia ameaçado o grupo pouco antes do atropelamento. “Uma menina que estava no local contou ao tio que o suspeito passou pouco antes do atropelamento a pé pelo local e disse que se eles não saíssem de lá seriam atropelados”, contou.

Entretanto, na delegacia o acusado deu outra versão para o atropelamento. “Aqui ele confessou que bebeu quatro cervejas e que subiu a rua para pegar o carro. Mas como o carro estava sem bateria, ele tentou fazer com que ele pegasse no tranco, só que o carro acabou subindo na calçada e acertou as crianças”, disse o delegado.

Um exame feito quase 13 horas depois do ocorrido comprovou que o motorista ingeriu bebida alcoólica, mostrando que ele não bebeu apenas quatro cervejas como disse, pois o efeito do álcool teria sumido após tanto tempo. O suspeito vai responder por homicídio doloso e tentativa de homicídio.