Publicado em: quarta-feira, 18/01/2012

Suspeita de bomba na Casa Branca faz local ser interditado

A Casa Branca foi interditada por cerca de uma hora na noite de terça-feira (17) (madrugada de quarta-feira no Brasil) após um objeto ter sido lançado por cima dos portões do local, que começou a soltar fumaça dentro da propriedade do governo norte-americano. Ao começar a soltar fumaça, oficiais da Casa Branca desconfiaram que o objeto poderia ser uma bomba. Por mais que as autoridades tenham ficado assustadas com o incidente, o objeto não representou perigo.

De acordo com o porta-voz do Serviço Secreto dos EUA, George Ogilvie, no momento em que a suposta bomba foi lançada, cerca de 1.500 manifestantes do movimento ‘Occupy DCt’ estavam se manifestando na região em volta da Casa Branca. O porta-voz também informou que ninguém foi preso e todos que participavam do protesto foram dispersados rapidamente. Contudo, a polícia de Washinton informou que prendeu um ativista por não respeitar a ordem de liberar a área onde estavam.

Os funcionários que ainda estavam na Casa Branca tiveram que esperar o tempo necessário para serem retirados do local por meio de uma saída subterrânea. Enquanto as pessoas que estavam dentro da Casa Branca levaram cerca de 45 minutos para deixarem o local, autoridades levaram 1 hora para concluir a investigação.

Enquanto isso, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e sua mulher, Michelle Obama, não estavam na Casa Branca. O presidente havia saído para comemorar o aniversário da primeira-dama a algumas quadras da sede do governo. Autoridades norte-americanas não divulgaram do que se trata o objeto lançado.