Publicado em: quinta-feira, 13/09/2012

SUS poderá oferecer vacina contra HPV para meninas

SUS poderá oferecer vacina contra HPV para meninasA Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou ontem, quarta feira (12), um projeto de lei que prevê o direito de receber gratuitamente a vacina contra HPV através do Sistema Único de Saúde (SUS), para meninas entre nove e treze anos. A vacina é vendida atualmente somente na rede privada pelo valor de R$ 1000. O valor corresponde as três doses necessárias para a imunização.

Para a ginecologista e professora afiliada do departamento de Ginecologia da Universidade Federal de São Paulo, Dra. Neila Maria de Gois, a autorização desta vacina no sistema público de saúde é uma grande vitória. Ela acredita que, mesmo que apenas para uma pequena faixa, o câncer de colo de útero as vezes decorre da infecção por HPV, sendo a segunda causa de morte entre mulheres.

Para o oncologista Luiz Paulo Kowalski a vacina também será importante na prevenção dos cânceres de garganta e boca, já que o vírus do HPV também pode ser transmitido por sexo oral. De acordo com ele, a comunidade médica já obteve provas suficientes de que a vacina funciona, sendo modo mais barato de previr, gastando menos que a realização do tratamento mais tarde.

A doença pode resultar ainda no afastamento da pessoa do trabalho. Dependendo do caso, além das seqüelas que exigirão tratamento, a pessoa com o vírus pode ainda chegar a não conseguir exercer suas atividades profissionais.

O médico ainda destaca a importância de que o público masculino também receba a vacina, já que o vírus pode acabar infectando a mulher parceira.