Publicado em: segunda-feira, 30/04/2012

SUS lança campanha de vacinação contra gripe

Alexandre Padilha, o ministro da Saúde, juntamente com o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, realizou na última semana a apresentação da Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe. A proposta da ação é conseguir imunizar 80% do público principal, foco da campanha, que inclui crianças entre seis meses e dois anos de idade, indígenas, profissionais da saúde, gestantes e idosos.

Pesquisas indicam que a vacinação consegue diminuir entre 32% e 45% o nível de internação em conseqüência de pneumonias e um índice entre 30% e 75% a mortalidade em nível global.

No período entre os dias cinco a 25 de maio, mais de 60 mil postos de vacinação da rede pública de saúde. Dia cinco de maio é marcado como Dia D, onde acontece uma mobilização nacional, quando os postos funcionarão até as 17 horas. A campanha acontece devido uma parceria entre o Ministério da Saúde e as secretarias municipais e estaduais em todo o país.

Meta da campanha

A proposta é conseguir diminuir o número de mortes e complicações decorrente de três vírus mais comuns no hemisfério sul, como no caso do influenza A (H1N1). No ano passado, na lista do foco da campanha foram incluídos os indígenas, as crianças e gestantes, que alcançaram uma redução nas mortes em 64,1%.

O Ministério distribui para a campanha mais de 30 milhões de doses da vacina e repassou ainda aproximadamente R$ 25 milhões do Fundo Nacional de Saúde para os fundos municipais e estaduais.