Publicado em: terça-feira, 14/02/2012

Surto de dengue já ameaça 17 estados brasileiros

O Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira (13) que verificou risco de surto da dengue em 91 municípios em 17 estados brasileiros. Desses estados, Tocantins e Pernambuco já estão em situação de surto da doença. Nos dois estados, além da alta incidência – em Tocantins, foram 249,4 casos por grupo de 100 mil habitantes – foram localizados mais focos de infestação (mais de 3,9% dos imóveis com larvas do mosquito transmissor).

A cidade do Rio de Janeiro também preocupa, pois ela concentra o maior número de casos, segundo o levantamento de infestação do Aedes Aegypti (LIRA), feito pelo ministério. De 1º de janeiro até 11 de fevereiro, foram 2.322 casos da doença registrados na capital fluminense. O estado do Rio de Janeiro também concentra o maior número de incidências, com 4.275 casos.

Dos demais municípios que apresentam risco de surto, 22 estão na Bahia, 12 no Maranhão, 12 em São Paulo, sete na Paraíba, sete em Goiás, seis em Pernambuco, seis no Amazonas, cinco no Pará, três no Ceará, dois em Alagoas e Sergipe e um em Roraima, Rondônia, Tocantins, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Redução de casos

Apesar da redução no início de 2012, o Ministério da Saúde alerta para a alta presença do mosquito Aedes aegypti em 356 municípios. Foram registrados 40.486 casos contra 106.373 no mesmo período de comparação (a análise foi feita entre os dias 1 de janeiro a 11 de fevereiro). Seguindo a mesma tendência de queda, houve diminuição de 86% nos casos graves – que passaram de 1.345 (2011) para 183 (2012) – e de 66% nas mortes, que reduziram de 95 (2011) para 32 (2012).

Do total de casos, 75% estão concentrados em 10 estados: Rio de Janeiro (4.275), Minas Gerais (3.531), Pernambuco (3.495), Tocantins (3.450), Pará (3.304), Bahia (2.743), Goiás (2.690), São Paulo (2.590), Ceará (2.322) e Espírito Santo (1.982).