Publicado em: sexta-feira, 16/09/2011

Suposto boneco com explosivos é retirado de viaduto no Rio Grande do Sul

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) retirou na manhã de quinta-feira, no centro de Porto Alegre, um boneco que usava fardas da Brigada Militar e que, supostamente, continha explosivos. Dois agentes trajando roupas especiais levaram o artefato para um local seguro onde será avaliado.

O boneco foi pendurado no viaduto Otávio Rocha, na rua Duque de Caxias. A região foi isolada pelo Corpo de Bombeiros e alguns moradores foram proibidos de entrar ou sair de casa de carro até que perigo de explosão fosse rejeitado. O trânsito foi bloqueado e ocorreu congestionamento na área.

Esta seja talvez mais uma das manifestações que estão sendo realizadas para chamar atenção para os baixos orçamentos dos policiais militares. A Brigada Militar está negociando com o governo um reajuste salarial, mas nem todas as patentes estão de acordo. Em agosto começaram os registros de protestos como queimas de pneus, e foram atribuídos aos policiais.

O governador do estado, nesta semana, confirmou a anexação dos 25% de abono salarial aos vencimentos da BM. Pode haver também a possibilidade de realização de concursos públicos para a Brigada Militar e o Executivo pediu o fim dos protestos. A Casa Civil afirmou que se as manifestações não forem encerradas, não há negociação.