Publicado em: sexta-feira, 10/02/2012

Supervia: passageiros fazem protesto no Rio de Janeiro

Após uma pane, passageiros do transporte público fizeram uma manifestação contra as condições dos trens e ocuparam a plataforma e a linha férrea na estação Sampaio, zona norte do Rio de Janeiro. Três composições e uma antiga locomotiva ficaram paradas entre as estações Sampaio e Engenho Novo. Passageiros jogaram pedras nos policiais e funcionários da Supervia, além de depredar locomotivas, subir nos trens e invadir cabine dos maquinistas.

Segundo a Supervia, o que ocorreu foi um problema operacional no trem que iria da baixada fluminense para a Central do Brasil. A composição teria então parado próxima à estação Sampaio, onde os usuários precisaram desembarcar. Com a confusão, ao menos três pessoas passaram mal e tiveram que ser socorridas pelo Corpo de Bombeiros.

As estações Méier, Engenho Novo, Sampaio e Riachuelo foram fechadas por medidas de segurança. O Núcleo de Polícia Ferroviária e o Batalhão de Polícia da Área precisaram ser acionados para conter o tumulto. Além disso, um helicóptero da Polícia Militar também ajudou no trabalho dos militares de retirar os manifestantes da linha férrea.

Ao chegar à Central do Brasil, os passageiros solicitaram a devolução do valor pago pela viagem e ao terem o pedido negado. Uma nova confusão se formou e homens do Batalhão de Choque foram até o local para controlar a situação. Em nota, A Agetransp comunicou que enviou fiscais para a estação Sampaio para apurar os motivos do acidente.