Publicado em: quarta-feira, 19/10/2011

STJD pune por confusão em Fla-Flu

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou na noite de terça-feira (18) os envolvidos na confusão do clássico entre Flamengo e Fluminense, ocorrido há cerca de duas semanas no Engenhão. O tribunal optou por penas mais brandas para os jogadores, e também penalizou o técnico do Fluminense, Abel Braga.

Rafael Moura, do tricolor das Laranjeiras foi punido com uma suspensão de dois jogos, por atitude contrária à disciplina, sem citar a cusparada que o jogador deu em Renato Abreu. Já o volante do Flamengo recebeu um jogo de suspensão, pelo ‘ato hostil’.

O meia Souza também recebeu a pena de um jogo de suspensão, pelo cartão vermelho recebido após a falta em Botinelli. Já o técnico Abel Braga, por ter invadido o gramado e ofendido a arbitragem, foi suspenso por quatro jogos.

O STJD ainda aplicou uma pena para o árbitro do confronto, Felipe Gomes da Silva, que recebeu uma suspensão de 15 dias, por ter dado um empurrão no atacante Rafael Moura, durante o tumulto após o clássico, que terminou com vitória do Flamengo, por 3 a 2.