Publicado em: quinta-feira, 09/06/2011

STF decide pela liberdade de Battisti

O Superior Tribunal Federal (STF) decidiu, no fim da tarde de quarta-feira (08) pela libertação do italiano Cesare Battisti. Por 6 votos a 3, o Tribunal atendeu a um pedido assinado pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva, em seu último dia de mandato.

A decisão pôs fim a uma polêmica sobre o caso, mas instaurou um princípio de crise diplomática entre Brasil e Itália. O país europeu condenou a decisão tomada pela justiça brasileira, e afirmou que irá recorrer em tribunais internacionais.

Cesare Battisti integrou um grupo político de esquerda responsável por ataques na década de 1970, resultando na morte de quatro pessoas. Battisti nega a culpa das mortes, e foi considerado culpado, mesmo não tendo participado do julgamento.

Com a decisão do STF, Batistti não pode ser extraditado à Itália, onde é considerado culpado pelos ataques. Battisti foi detido no Rio de Janeiro em 2007, em uma operação conjunta entre as polícias do Brasil, França e Itália.