Publicado em: quinta-feira, 16/01/2014

Steven Spielberg é eleito celebridade mais influente dos EUA pela Forbes

steven spielbergNa última quarta feira, dia 15 de janeiro, o diretor de cinema, conhecido por seus investimentos na área de efeitos especiais, Steven Spielberg conseguiu tirar o trono de celebridade mais influente dos Estados Unidos apresentadora e aclamada personalidade Oprah Winfrey. A informação tem base em um estudo realizado anualmente pela revista Forbes. Este ano, o estudo esteve cheio de nomes de diretores de cinema, que parecem estar conquistando cada vez mais influencia na mídia. Toda a influência de Steven Spielberg teria sido impulsionada pelo recente lançamento de Lincoln, que conquistou 12 indicações durante a realização do último Oscar, incluindo nas categorias de melhor direção e melhor filme. A produção também conseguiu arrecadar 275 milhões de dólares com as exibições em diferentes cinemas, do mundo todo.

De acordo com a Revista Forbes, a proeza do diretor foi comprovada quando ele conseguiu chamar atenção de um público estrangeiro para um drama americano, passado no século 19 nos Estados Unidos, tratando das negociações por trás dos holofotes e as minúcias políticas de Washington. Nos mercados estrangeiros, o filme Lincoln conseguiu arrecadar noventa e três milhões de dólares. A Forbes ainda destacou que quarenta e sete por cento dos entrevistados, chegaram a avaliar o diretor Spielberg como uma influente celebridade nos dias de hoje.

A revista explicou, através da fala de Gerry Philpott, presidente da E-Poll Market Research, responsável por conduzir o estudo da Forbes, que a pontuação influente de uma personalidade consegue mostrar como essa pessoa é percebida, pela forma como ela consegue influenciar tanto seus pares, como outros diretores, quanto o público em geral.

A magnata da mídia, Oprah Winfrey, hoje com 59 anos, liderou a lista no ano passado com quarenta e sete por cento das indicações, mas este ano, caiu para quarenta e cinco por cento em 2013. De acordo com a Revista Forbes, a queda se deve a seu afastamento da mídia direta durante o período em que passou a gerir sua rede de televisão americana a cabo, a OWN.

O também diretor George Lucas, criador da saga Star Wars, ficou com o terceiro lugar, apesar de realizar atualmente poucos trabalhos que sejam mais explícitos ao público durante os últimos anos. Em 2012, ele vendeu à Walt Disney sua empresa LucasFilm por cerca de 4 bilhões de dólares no mês de outubro. Os também diretores Ron Howard e Martin Scorsese, também diretores de cinema, ficaram com a quarta e quinta posição na mesma lista.