Publicado em: sábado, 08/10/2011

Steve Jobs: Pixar faz homenagem ao homem que incentivou a animação com computadores

Ao mesmo tempo em que Steve Jobs é reconhecido principalmente pelo seu trabalho dentro da Apple, o executivo também dedicou parte da sua vida para a empresa Pixar, a qual comprou em 1985 depois de ter sido demitido da companhia que ajudou a fundar. Naquela época, a Pixar tinha o valor de 7 milhões de euros, mas apresentava a possibilidade de produzir filmes de animação em computadores. A página inicial da Pixar tem uma foto de Jobs ao lado dos seus colegas de trabalho, John Lasseter e Ed Catmull.

Abaixo da imagem do trio da Pixar, a página inicial da empresa mostra a mensagem: “Steve Jobs foi um extraordinário visionário, nosso querido amigo e a luz guia da família Pixar. Ele viu o potencial do que a Pixar poderia ser antes de todos nós, e além do que qualquer um poderia ter imaginado. Steve arriscou uma chance conosco e acreditou no nosso sonho louco de fazer filmes de animação com computadores; a única coisa que ele sempre falava era para simplesmente ‘fazê-lo grande’. Ele sempre será parte do DNA da Pixar”.

O primeiro grande filme de animação da Pixar foi o Toy Story, produzido em parceria com a Walt Disney. A produção se tornou um sucesso internacional com direito à continuação do Toy Story 2.

Jobs faleceu na noite de quarta-feira (05) depois de passar anos lutando contra um câncer de pâncreas. O executivo ficou sabendo que o câncer estava em fase terminal em fevereiro. A primeira biografia autorizada sobre a sua vida será lançada em 24 de outubro.