Publicado em: segunda-feira, 10/10/2011

Steve Jobs: personalidades contemporâneas manifestam pesar pela sua morte

A confirmação da morte de Steve Jobs, co-fundador da Apple, fez personalidades do mundo atual se declararem a respeito da perda de um dos homens considerados como visionários do desenvolvimento da tecnologia como conhecemos hoje. O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, considerada principal concorrente da Apple, divulgou uma nota de pesar pelo colega de trabalho.O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, também demonstrou seus sentimentos. O pai biológico de Jobs, Abdul Fatah John Jandali, afirmou que ‘não tem nada a declarar’.

Na nota enviada por Gates, o empresário declara que “Steve e eu nos conhecemos inicialmente há quase 30 anos, e fomos colegas, competidores e amigos ao longo de mais da metade de nossas vidas. O mundo raramente vê alguém que tenha o impacto profundo que Steve teve, os efeitos disso serão sentidos por muitas gerações”. O cofundador da Microsoft também destaca que foi uma honra ter a oportunidade de trabalhar com Jobs.

Enquanto isso, o presidente norte-americano destacou a capacidade de Jobs conseguir pensar diferente e ter a coragem de acreditar que conseguiria mudar o mundo. Obama completou afirmando que Jobs, de fato, conseguiu atingir seu objetivo. Se não fosse pelo cofundador da Apple, talvez a tecnologia atual que substitui o teclado tradicional pelo toque na tela, por exemplo, não existiria.

Por outro lado, o pai biológico de Jobs afirmou que não havia nada a declarar. Quando Jobs renunciou ao cargo de executivo na Apple, seu pai biológico havia declarado a um tabloide que gostaria de tomar ao menos um café com ele antes que fosse ‘tarde demais’. Porém, Jobs não o procurou.