Publicado em: sexta-feira, 07/03/2014

Spotify adquire tecnologia de sugestão de músicas

Spotify adquire tecnologia de sugestão de músicasNa disputa pelo cada vez mais concorrido mercado de serviços de streaming de músicas, o Spotify anunciou, nesta quinta-feira, a compra da companhia Echo Nest. A empresa adquirida pelo Spotify é responsável por uma das mais avançadas tecnologias de sugestões musicais da atualidade. Além disso, esta tecnologia desenvolvida pela Echo Nest também é utilizada nos principais rivais do Spotify, como Pandora, Rdio e Vevo.

De acordo com o Spotify, todos os compromissos assumidos pela Echo Nest com estes serviços serão cumpridos normalmente. Contudo, a empresa não informou se os concorrentes terão a possibilidade de renovação do contrato posteriormente. Assim, o Spotify terá a chance de ser o único serviço de streaming a se utilizar desta tecnologia, que costuma ser muito elogiada por seu nível de precisão. Os valores da negociação ainda não foram divulgados.

Tecnologia

Além de ser utilizada por serviços de streaming, a tecnologia da Echo Nest também está presente em serviços da MTV, BBC, Nokia e Twitter. O software desenvolvido pela empresa oferece uma espécie de “interpretação musical”. O programa possui um banco de dados com mais de 35 milhões de canções analisadas. A partir das informações obtidas, o programa consegue oferecer sugestões de novos artistas para os usuários do Spotify (e dos outros serviços que ainda se utilizam da tecnologia).

Sem a tecnologia da Echo Nest, a sugestão de músicas é feita de maneira quase rudimentar, tomando como base apenas o gênero dos artistas. Embora possa auxiliar os usuários, este sistema é extremamente básico, e não tem capacidade de perceber as diferentes nuances musicais de cada artista.

Funcionamento

Após gravar as características mecânicas de cada música que analisa, a Echo Nest cruza estes dados (como melodia, ritmo e tom) com informações fornecidas por humanos. Assim, é possível fazer a recomendação de novos artistas com muito mais precisão. Para quem utiliza o Spotify, é possível ver o resultado de todo o trabalho da Echo Nest na guia Descobrir, onde são oferecidas dezenas de opções de artistas que o usuário ainda não escutou no serviço.

Informações humanas

Por si só, a tecnologia da Echo Nest já seria muito superior a qualquer outra similar da atualidade. Contudo, o serviço se torna muito mais eficiente devido ao auxílio humano no processo. Tristan jehan, um dos criadores da Echo Nest, afirmou que a empresa se utiliza de colaboradores que definem se determinada canção é triste ou dançante, por exemplo. A empresa também realiza buscas automáticas em notícias, blogs e críticas musicais, para obter o número mais completo possível de informações sobre a similaridade entre artistas.

Caso não permita que serviços como o Rdio continuem a utilizar a tecnologia da Echo Nest, o Spotify forçará seus principais concorrentes a buscar alternativas de maneira rápida. A eficácia dos sistemas de recomendação de artistas tem sido um fator crucial na hora de os consumidores escolherem determinado serviço de streaming em detrimento de outro. Até o momento, o Spotify não informou se permitirá a utilização da tecnologia pelos concorrentes diretos.