Publicado em: terça-feira, 20/05/2014

Sorteio define confrontos da primeira fase da Copa Sul-Americana 2014

Sorteio define confrontos da primeira fase da Copa Sul-Americana 2014No início da tarde desta terça-feira (20), em Buenos Aires, na Argentina, a Conmebol definiu as partidas da primeira fase da Copa Sul-Americana 2014, através de um sorteio. Até o momento, apenas dois times brasileiros estão garantidos na competição: o Goiás e o Vitória, que já foram eliminados antes da terceira fase da Copa do Brasil.

Com vaga pré-garantida na Copa Sul-Americana, após o título da Copa Nordeste, o Sport ainda não definiu sua participação na próxima fase, pois ainda está disputando a Copa do Brasil. No regulamento previsto, os clubes classificados para as oitavas de final do torneio nacional não podem disputar da competição continental.

Ao todo, serão 47 clubes participantes da Copa Sul-Americana, representantes de dez países. Por não saber a ordem de classificação dos times, a Conmebol definiu as equipes brasileiras como Brasil 1 até Brasil 8 (oitavo melhor classificado no Brasileirão do ano passado, que não estará disputando a Copa do Brasil), no sorteio. Neste sistema, o melhor brasileiro enfrentará o oitavo melhor colocado.

Pela primeira fase da Sul-Americana, há dois confrontos de destaque entre os argentinos. Um dos jogos é entre Boca Juniors e Rosário Central, e outro será o clássico local entre Estudiantes e Gimnasia de La Plata.

Eliminado na primeira fase da Taça Libertadores da América, o Peñarol, do Uruguai, encara o Jorge Wilstermann, da Bolívia. O Huachipato, do Chile, pega o boliviano San José. Enquanto isso, o Universitário, do Peru, enfrenta o chileno Deportes Iquique. Outro confronto é entre o uruguaio Rentistas e o Cerro Porteño, do Paraguai. Já o paraguaio Libertad enfrenta o Nacional Potosí, da Bolívia.

Decisões da Copa Sul-Americana 2014 serão disputadas no mês de dezembro

As duas partidas finais da Copa Sul-Americana deste ano acontecerão nos dias 3 e 10 de dezembro. O atual campeão do torneio é o Lanús, da Argentina, que venceu a Ponte Preta, na decisão de 2013.