Publicado em: terça-feira, 06/08/2013

Sony anuncia que continuará com sua sessão de entretenimento

Sony anuncia que continuará com sua sessão de entretenimentoA Sony continuará com a sua sessão de entretenimento. Pelo menos é o que foi decidido em uma reunião do conselho administrativo da empresa. A decisão foi de que a unidade de entretenimento da empresa não será vendida para o fundo de cobertura Third Point. A notícia foi dada pela empresa em um comunicado que foi divulgado pela agência de notícia Reuters.

A decisão da Sony também foi comunicada através de uma carta para Daniel Loeb, que é o fundador e o presidente executivo do fundo. Na correspondência, a Sony anunciava o resultado final da votação que foi realizada pelo conselho administrativo da empresa e ainda disse que continuará controlando este segmento da Sony em sua totalidade, já que isto é imprescindível para o sucesso da companhia.

Third Point

No mês passado, Daniel Loeb mandou uma carta para a empresa dizendo que a parte de entretenimento da Sony, que é conhecida como Sony Entertainment, poderia alcançar patamares maiores, mas que isso não estava acontecendo já que a sessão não estava sendo administrada direito. Entre as palavras usadas pelo presidente do fundo, a estrutura corporativa da empresa estava maior do que deveria ser e que oferecia salários altos demais para executivos que, diremos assim, não faziam por merecer.

Na correspondência, Daniel Loeb ainda citou os nomes de Amy Pascal e Michael Lynton, que são os dois principais executivos responsáveis pela Sony Entertainment, dizendo que eles eram os responsáveis pelos últimos fracassos da empresa no cinema. Isso porque os filmes O Ataque e Depois da Terra não tiveram um desempenho de bilheteria que era esperado.

Depois de pagar a quantia de mais de 1,4 bilhão de dólares, a Third Point se tornou o maior investidor da Sony, possuindo 7% da companhia. Em maio, o responsável pela Third Point sugeriu que a empresa tivesse uma oferta pública de ações para a sessão de entretenimento.