Publicado em: segunda-feira, 14/11/2011

Sonda russa é considerada perdida e pode cair sobre a Terra

A agência espacial russa, Roscosmos, afirmou que a estação interplanetária Fobos-Grunt passou a ser oficialmente considerada perdida, pois não apresenta mais sinais de que continua em operação. A sonda, cujo objetivo era o de explorar Marte, foi lançada da base espacial no Cazaquistão. Por não conseguirem retomar o contato com a Fobos-Grunt, especialistas acreditam que o destino da sonda seja cair na Terra. Os russos tentaram retomar o contato das bases nas Ilhas Canárias, Austrália e na Guiana Francesa, a Agência Espacial Europeia (ESA).

A fonte da agência russa não quis se identificar e concedeu entrevista à agência de notícias ‘Interfax’. De acordo com as informações concedidas por ela, “todas as tentativas de receber a informação e iniciar o sistema de controle de bordo fracassaram. A estação pode ser considerada perdida”. A explicação oficial da Roscosmos deve ser divulgada dentro de um período de dois a três dias.

O lançamento da nave foi feito na última terça-feira e a sonda deveria seguir seu rumo à operação que duraria 34 meses. Porém, a sonda permaneceu na órbita terrestre, sendo que o motivo para isso ainda não foi esclarecido pela agência russa. Entre os planos para a operação estava o vôo à lua marciana Fobos e a coleta de 200 gramas de mostras do solo do satélite.

Caso a sonda caia na Terra, existe o risco de prejudicar o planeta, pois carrega combustível altamente tóxico. O custo total do projeto foi de US$ 170 milhões e buscava também integrar a Rússia ao desenvolvimento espacial.