Publicado em: sábado, 01/03/2014

Sol, estresse e má alimentação são fatores que podem ativar o herpes

Fatores que podem ativar o herpesPresente em aproximadamente 90% da população mundial, o vírus do herpes simples é uma das infecções mais comuns, mas o que difere em cada um é o fato dele se manifestar ou não. O herpes pode causar lesões do corpo e a transmissão pode ser feita mesmo sem a existência da ferida. Infelizmente não há uma cura para ele, mas há como tratá-lo quando vier a aparecer. A manifestação do vírus ocorre em diversas situações, principalmente quando o organismo apresenta índices de baixa imunidade.

No programa Bem Estar da Rede Globo da última quinta-feira (27), os infectologistas Caio Rosenthal e Rosana Richtmann trouxeram algumas dicas para que os telespectadores possam prevenir o surgimento do herpes e inclusive evitar que ele apareça. “Quando a pessoa está triste, estressado e passando por alguma situação difícil, é melhor ficar atento para se preocupar com a alimentação e sono para que o herpes não se manifeste”, recomenda.

O sol, alimentação irregular, stress e sono desregulado, podem fazer com que o vírus se manifeste, pois o sistema imunológico fica mais fraco. Para Rosana Richtman, a melhor ferramenta para combater o surgimento é fortalecer os anticorpos, e o medicamento mais recomendo é o aciclovir, o qual pode ser disponibilizado tanto como pomada quanto comprimidos.

Rosana também conta que a pomada é a forma mais comum, mas é recomendado que as pessoas tomem o comprimido nos primeiros sintomas. Portanto, em sinais de comichão, coceira e ardência, a pessoa já pode tomar o remédio por via oral, e ao aparecer, aplicar a pomada. Quanto a transmissão, ela pode ocorrer de diversas maneiras. “O vírus do herpes pode ser transmitido de inúmeras formas, e a relação sexual é uma delas. Em casa, por exemplo, usar a mesma toalha de rosto pode ser um dos meios de transmitir”, explica a especialista.