Publicado em: sábado, 08/02/2014

Sochi 2014 – Apesar de falha, abertura das Olimpíadas de Sochi surpreende

Apesar de falha, abertura das Olimpíadas de Sochi surpreendeNa tarde desta sexta-feira, 7 de fevereiro, foi realizada a cerimônia que abriu oficialmente os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi. Logo em seus primeiros minutos, a cerimônia mostrou que seria grandiosa: da cobertura do estádio, cinco grandes estrelas de led desceram até o centro do gramado.

Falha

Todas as estrelas deveriam se expandir para se transformarem nos arcos que simbolizam os jogos olímpicos. Contudo, algo deu errado, e a última estrela da fila não se mexeu. Assim, o símbolo olímpico ficou incompleto, com apenas quatro arcos. Curiosamente, o último arco, que não abriu, é aquele que simboliza o continente americano.

Apesar da falha grave logo no começo da cerimônia, a abertura dos Jogos Olímpicos de Sochi foi surpreendente. Os pontos altos da festa foram muitos, mas alguns conseguiram se destacar: um deles foi a projeção em alta definição, no gramado, dos mapas dos países cujas delegações estavam entrando no estádio.

A cerimônia

A entrada das delegações não fugiu à regra, sendo um dos momentos mais interessantes da cerimônia. Os destaques foram para a delegação da Alemanha, que utilizou um uniforme multicolorido, e a da Venezuela, graças à felicidade extrema de Antonio Jose Parto Andretta, que entrou sozinho na arena. Andretta é o único representante da Venezuela nas competições.

Diferente dos Jogos Olímpicos de Verão, a cerimônia dos jogos de inverno segue uma ordem cronológica diferente. Em Sochi, as delegações entraram no estádio antes da parte artística da cerimônia. Isso foi possível porque, nos jogos de inverno, o número de participantes é bem reduzido. Na Rússia, competirão cerca de três mil atletas. Em Londres, onde foram realizados os últimos jogos olímpicos de verão, quase dez mil atletas participaram das competições. Devido ao número reduzido de competidores, foi possível que eles entrassem antes das apresentações artísticas, ocupando posteriormente as arquibancadas do Estádio Olímpico.

Delegação brasileira

Ao todo, a delegação brasileira em Sochi é composta por 13 pessoas. Na cerimônia de abertura, apenas um dos membros não estava presente, o esquiador Johnatan Longhio, que chegará a Sochi somente na próxima semana. Maya Harrison, brasileira que disputa o esqui alpino, também competirá apenas na próxima semana. Contudo, ela compareceu à abertura dos Jogos Olímpicos, e retornará para casa antes da competição. Maya vive na Suíça.

Personagens

Como é de costume em cerimônias de abertura de eventos esportivos, a história do país-sede ficou em evidência durante a festa. Na reta final das apresentações, a tocha olímpica passou pelas mãos de diversos atletas de destaque do país, como a tenista Maria Sharapova e a ginasta Yelena Ysinbayeva, que foi nomeada como embaixadora oficial dos jogos. Por fim, a tocha foi acesa por Alexander Karelin e Alina Kabaeva, dois grandes ídolos olímpicos da Rússia.

Os Jogos Olímpicos de Sochi acontecem entre os dias 7 e 23 de fevereiro. Nesta edição, há participantes de todos os continentes do planeta. Ao todo, serão disputados 98 eventos, em 15 modalidades diferentes. Muitas modalidades são desconhecidas por aqui, como Skeleton, Luge e Combinado Nórdico, dentre outras.