Publicado em: quarta-feira, 19/03/2014

Sisutec abre inscrições para cursos técnicos em todo o Brasil

SisutecEstão abertas as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), que oferecerá em sua segunda edição mais de 291 mil vagas em cursos de ensino técnico para estudantes de todas as regiões do Brasil. As inscrições terminam no dia 21 de março, e devem ser realizadas pelo site do Sisutec.

As novas vagas abertas representam elevação de 21% em relação ao volume de vagas oferecidas na primeira edição do Sisutec. No dia 25 de março acontece a divulgação da primeira chamada, e a segunda será no dia 1º de abril. O período de matrículas para os convocados da primeira chamada é de 26 a 28 de março, e os demais entre 2 e 4 de abril.

Estão disponíveis vagas para cursos de ensino técnico em instituições públicas e privadas de ensino. Quando o aluno for selecionado para uma instituição particular, terá bolsa de estudos. A seleção dos candidatos é baseada no desempenho do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, que não pode ter tido a redação zerada.

Estão sendo destinadas 85% das vagas para estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública de ensino, independente da renda per capita familiar, ou que tenham tido bolsa de estudos integral em instituições privadas.

Das mais de 291 mil vagas disponíveis, 50% serão destinadas a alunos com renda de até 1,5 salário mínimo. Porém, para ocupar a vaga é preciso que o pretendente de desvincule de qualquer outro curso técnico de nível médio ou superior, ou curso de graduação, independente de ser em instituição pública ou privada, e se é bolsista.

Método da escolha

O modelo de escolha do Sisutec é muito semelhante ao utilizado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para selecionar alunos. Ao cadastrar os dados do Enem pelo site do Sisutec, o estudante pode escolher até duas opções de cursos.

A inscrição pode ser modificada a qualquer momento pelo candidato até o fim da noite do dia 21. Até esta data, será divulgada a classificação parcial de maneira periódica, permitindo a mudança na inscrição baseada na nota de corte parcial divulgada.