Publicado em: quarta-feira, 20/06/2012

SiSu registra mais de 320 mil inscritos

O Sistema de Seleção Unificada, SiSU, já recebeu mais 620 mil inscrições, fazendo referência a mais de 320 mil inscritos até o momento. A grande procura dos candidatos foi comemorada por Aloizio Mercadante, o atual ministro da educação brasileira. Ele afirmou no programa de rádio “A Hora da Educação”, que os candidatos que forem selecionados neste Sistema poderão ingressar o ensino público superior ainda neste segundo semestre, começando logo as aulas.

Cada um dos candidatos tem a oportunidade de optar por até dois diferentes cursos de ensino superior. Para Mercadante, o SiSU já está consolidado, apresentando um significativo crescimento ao longo dos anos. Mercadante chamou ainda a atenção para que os interessados fiquem atentos ao prazo de encerramento das inscrições.

Prazos

Quem tiver interesse em participar do SiSU tem até o dia 22 de junho, às 23h59, pela página do Sisu na internet para fazer a inscrição. O Sistema de Seleção funciona de forma virtual e foi desenvolvido pelo Ministério da Educação com a proposta de selecionar alunos para as instituições de terceiro grau, através de uma classificação pela nota alcançada no Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio.

Até então, o estado que registrou o maior número de inscrições foi o Rio de Janeiro, com mais de 150 mil inscrições. Ceará e Minas Gerais vem em seguida, com mais de 80 mil inscrições.

O MEC iniciou ontem a divulgação da classificação parcial dentro do próprio sistema, que agora fica disponível para a consulta dos inscritos. Quem quiser, ainda pode alterar os cursos de interesse até o momento de fechamento do sistema.

No próximo dia 25 já deve ser divulgado o resultado da primeira chamada de seleção. No dia 29 é quando abre o período de matrícula dos convocados, se estendendo até o próximo dia dois de julho.

Já no dia seis de julho sairá a lista da segunda chamada, com inscrições no período de 10 e 11 de julho. Somente no dia 17 de julho é que as instituições irão convocar os alunos que foram classificados em lista de espera.

Quem já está inscrito pode consultar a nota de corte dos cursos. Para iniciar as aulas neste segundo semestre, o sistema está ofertando mais de 30 mil vagas, em 56 diferentes instituições de ensino públicas.