Publicado em: terça-feira, 31/12/2013

Sintomas como atordoamento e náusea durante viagens podem ser doença

Sintomas como atordoamento e náusea durante viagens podem ser doençaVocê provavelmente conhece alguém que sempre passa mal quando está viajando de carro durante uma viagem. Pois bem, sintomas como tontura e enjoo podem indicar uma doença chamada cinetose também chamada como o “mal do movimento”, a enfermidade é um problema do conjugado de órgãos do ouvido e cérebro agentes da sustentação da estabilização, que se desponta quando o organismo está imóvel e ao redor está em oscilação ou o contrário, como em passeios de automóvel, transportes rodoviários, barco ou aeronaves. O motim de dados entre o labirinto, que assente a agitação, e a visão, que crê que o indivíduo está parado, dá origem a ânsias, vômitos, transpiração excessiva, descoramento e desalento físico.

Para suavizar o desassossego no decorrer das viagens, o otorrinolaringologista Eduardo Bogaz, da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, esclarece que os presságios da cinetose surgem ainda até os 10 anos de idade. Afora do incômodo sentido durante os passeios, é corriqueiro a criança ter desmaio paroxístico da infância e cefaleia, como convulsões integradas.

Se não abordada, a disfunção do sistema vestibular pode seguir o indivíduo durante toda sua existência. Embora da elevada incidência de fatos, o médico adverte que a moléstia é pouco tratada. Conforme ele, o mais habitual é, no decorrer da vida, o indivíduo conviva com a espécie e se adapte.

Entre as ações preventivas, o perito indica o consumo de droga antiemética antes do passeio, fugir contemplar objetos ou condições em movimento, como a vista na rodovia, e aventar o recinto, arredando as janelas do automóvel.

Esses atos ajudam a precaver o colapso, porém não curam a doença. O labirinto da pessoa tem este caráter de disfunção do sistema vestibular é mais vulnerável e, estando sujeito aos costumes de vida e qualidades de saúde do indivíduo, pode vir a dilatar alguma labirintopatia no amanhã, por exemplo, a labirintite.