Publicado em: segunda-feira, 28/10/2013

Silvio Santos volta a gravar

Silvio Santos volta a gravarO famoso apresentador de televisão e dono do SBT, Silvio Santos, ficou uma semana sem gravar. Mas, ele voltou à rotina e já está com a agenda lotada de gravações. O motivo do afastamento foi por conta da saúde. Silvio precisou dar um tempo na carreira para entrar em tratamento de um problema na garganta que o deixou sem voz.

A informação foi divulgada pelo colunista Flávio Ricco. Não é a primeira vez que Silvio precisa cuidar da garganta. O apresentador passou por situação parecida no ano de 2010. Na época ele também perdeu a voz e foi substituído no programa chamado “Roda a Roda” pela assistente de palco Patrícia Salvador.

Até bem antes disso, em 1988, Silvio precisou fazer um tratamento na garganta nos Estados Unidos. Naquela época, ele apresentava o programa “Show de calouros”. No final de semana, Silvio participou da décima sexta edição do Teleton, ação que visa arrecadar dinheiro para a Associação de Assistência à Criança com Deficiência (AACD).

A novidade foi dividir o palco com a filha Patrícia Abravanel e o neto Thiago Abravanel. O ator diz que aprende muito com o avô até mesmo sobre improvisos. Já que recebeu o roteiro do programa, mas sabia que Silvio poderia se comportar de forma totalmente diferente por sua espontaneidade e experiência no palco.

Apesar de ser contratado pela Rede Globo, Thiago foi cedido para participar da atração no SBT que reuniu mais de 120 artistas. O Telecon de 2013 superou as expectativas de arrecadação de verba que era de R$26 milhões e chegou quase a R$27.

Thiago participou da atração em 2012 e diz que o próprio avô manifestou desejo de que o encerramento de cada edição fosse feito com a presença do neto. O nome de registro do apresentador é Senor Abravanel. O patrimônio de Silvio Santos vale o equivalente de seis bilhões de reais.

Silvio começou a trabalhar aos 14 anos de idade, quando era camelô na área central da cidade do Rio de Janeiro. Mas logo passou a trabalhar com a voz na Rádio Guanabara. Não é à toa que as cordas vocais tenham sido prejudicadas ao longo de tanto tempo de trabalho.