Publicado em: quinta-feira, 24/05/2012

Siemens pretende investir US$1 bilhão até 2017 no Brasil

A Siemens pretende investir elevou no Brasil. O valor estipulado chega a US$ 600 milhões até 2016. Até 2017 a estimativa é que o valor chegue a US$ 1 bilhão. O grupo alemão lançou a informação ontem por meio dos executivos responsáveis. A expectativa é que a receita da empresa no Brasil chegue a US$ 5 bilhões até 2017. Segundo os executivos, o Brasil é um pólo tão importante quanto a China para a empresa. Peter Solmssen, membro do conselho de administração da Siemens e diretor da empresa, disse que o número de investimentos pode até ser maior. Segundo ele é possível até mesmo investimentos na área ferroviária. A expectativa é a licitação do trem-bala entre Rio de Janeiro e São Paulo.

Sobre essa afirmação referente ao trem-bala nas duas maiores cidades brasileiras, Paulo Stark, presidente da Siemens no Brasil, foi cauteloso e disse que a participação as Siemens no leilão será uma questão definida mais para frente. O governo pretende fazer a primeira licitação ainda este ano, já que por devidos problemas, o processo sempre foi postergado. Stark disse ainda que esses investimentos são resultados do incentivo do governo nas indústrias nacionais e da redução dos juros.

Presidente da Siemens no Brasil fala sobre as potencialidades do país

Segundo Stark, a queda nos juros mostra uma vontade concreta de que o governo quer investimentos na política industrial do país. Segundo ele, este é um momento que não se via no país nos últimos 10 anos. Com isso, a expectativa é de que o Brasil de um salto significativo na questão econômica e de infraestrutura. As principais obras a serem propostas pela Siemens é a construção de um centro de pesquisa e desenvolvimento no Rio de Janeiro, uma fábrica de motores e uma outra empresa para a produção de equipamentos para a área da saúde. No ano passado a empresa já tinha 13 fábricas no país e mais de 10 mil funcionários.