Publicado em: segunda-feira, 15/08/2011

Setor do turismo internacional está aquecido com a nova crise

A baixa temporada no hemisfério norte começa no final de agosto, mas já é possível encontrar pacotes com destinos internacionais mais baratos. O mercado está aquecido os o dólar mais baixo e os descontos chegam a 30%.

De acordo com a Associação Brasileira de Agencias de Viagens, o motivo do aquecimento é a crise nos Estados Unidos e os cotação baixa da moeda norte-americana. Apesar dos preços estarem mais elevados do que os encontrados no mesmo período no ano passado, brasileiro tem viajado mais para o exterior.

Para a Associados Brasileira das Operadores de Turismo (Braztoa), outra justificativa é que o real está em posição valorizada diante de todas as moedas. Dessa forma, o turista opta por visitar a Europa do que escolher destinos na América do Sul ou dentro do próprio Brasil.

“O Brasil está blindado e a crise ainda não atingiu o nosso câmbio, a economia do país está saudável”, explica Marco Ferraz, presidente da Braztoa. Para ele, os brasileiros estão comprando os pacotes com antecedência e isso é um bom avanço para o mercado e para o consumidor. Ele acredita que mesmo com o avanço da crise, as viagens devem continuar em alta nos próximos meses.